top of page
  • Foto do escritorMatheus Corrêa

"Bizarros Peixes das Fossas Abissais", uma animação descontraída com temas sérios

BIZARROS PEIXES DAS FOSSAS ABISSAIS

Do premiado diretor de curtas, Marão, Bizarros Peixes Das Fossas Abissais é seu primeiro longa metragem de animação e conta a história de uma mulher com superpoderes diferenciados e dois amigos peculiares.


Fernando Miller, Rosaria e o diretor ficaram responsáveis pela animação propriamente dita e os traços são propositalmente rústicos. Marão, logo nos primeiros minutos, deixa claro ao espectador o que pretende: contar, de forma leve e descontraída, uma história com temas sérios, até porque, o filme começa nos arcos da lapa, no centro do Rio de Janeiro, com a personagem principal sendo atacada por um grupo de homens, porém, a mulher dublada por Natália Lage, logo se desvencilha do grupo ao gritar "minha bunda é um gorila". E nesse momento, o desejo vira realidade, e vocês podem imaginar o que aconteceu.


E mesmo em momentos tensos como esses, Marão faz questão de exercitar a veia cômica, como quando a mulher no meio de uma perseguição, corrige um dos seus algozes com "encarar de frente é redundância". Ou quando apresenta um personagem com toc, a tartaruga dublada por Rodrigo Santoro, que após passar por apuros em uma tempestade, vai parar em Nilópolis, na baixada fluminense.


Falando em tempestade, Guilherme Briggs dubla uma nuvem que serve de transporte para a mulher. Ao longo do filme, percebemos que a dupla procura pedaços de uma espécie de pote, apesar do motivo não estar aparente. Logo o trio se junta, mas a tartaruga, mesmo sendo protegida várias vezes pela nuvem, percebe que a mesma pode ter sido responsável por seu sofrimento. "As nuvens acabaram com tudo", seguido de uma justificativa, "Eu não sou uma nuvem de tempestade, no máximo consigo garoar".


BIZARROS PEIXES DAS FOSSAS ABISSAIS

Depois de conseguir juntar várias peças, somos introduzidos aos vilões dessa narrativa: os rinocerontes espaciais que expelem suco de graviola sem açúcar. E para piorar, a mulher explica que após invocar seus superpoderes, algumas mudanças acontecem na terra. Uma delas, é que as mulheres nas obras de Gustav Klimt e Alfons Maria Mucha estão se transformando em bodes. Quase esqueci, a personagem principal não tem movimentos peristálticos. Toda essa jornada tem um motivo, achar uma planta medicinal que pode ajudar seu avô na cura do Alzheimer.


BIZARROS PEIXES DAS FOSSAS ABISSAIS

Apesar do longa se perder no último ato com uma sequência de ação mal orquestrada, Marão consegue construir uma história com temas sérios e que nunca se leva a sério, com personagens únicos e situações correlacionáveis, mesmo sendo apresentadas com uma dose de surrealismo.


O filme estreia hoje, dia 25/01, exclusivamente nos cinemas.


 

FICHA TÉCNICA

Direção e Roteiro: Marão

Produção Executiva: Letícia Friedrich

Elenco Vozes: Natália Lage, Guilherme Briggs e Rodrigo Santoro

Direção de Arte: Marão

Trilha Sonora: Duda Larson

Animação: Marão, Rosaria e Fernando Miller

Montagem: Alessandro Monnerat e Yohana Lazarova

Comments


bottom of page